Call 023 7526 8539 or Make Online ReservationMAKE RESERVATION NOW

Blog » novembro 2013

Queijos Franceses

Categoria(s): Blog

Existem hoje centenas de tipos de queijos produzidos em todo o mundo, sendo que os diversos estilos e sabores são o resultado de formas diversificadas de produção, tais como o uso do leite de diferentes mamíferos, o acréscimo de diferentes teores de gordura, o emprego de determinadas espécies de bactérias e bolores e a adição de agentes aromatizantes tais como ervas, especiarias ou defumação.

Conheça alguns dos queijos mais conhecidos da França.

Briebrie
Aclamado como um dos melhores queijos do mundo, o brie é conhecido por sua superfície branca e interior cremoso. Produzido em diversos países, o verdadeiro Brie vem mesmo da França, primeiramente da cidade de mesmo nome (a 50 km de Paris) e posteriormente de Meaux.

Brie de Meaux e Brie de Melun
Duas famosas variações de queijo brie, ambas com denominação de origem. O primeiro tem textura macia, mas firme (sem derreter) e tem aroma e sabor de cogumelos. Quando está bem curado, tem sabor forte, mas não picante. O brie de Melum tem sabor mais pronunciado e é um pouco mais salgado. Quando curado, sua textura quase derrete, e seu sabor fica mais forte.

Camembert
Há mais de dois séculos, a vida na cidade de Camembert, na região francesa da Normandia, gira em torno de seu famoso produto. É um queijo de leite de vaca, tem uma massa mole, cremosa, de cor amarelo clara, e é coberto de uma crosta muito fina.

Chèvres
Feito de leite de cabra e macio. Há algumas opções temperadas ou maturadas.

Emental Grand Cru
O emental é um queijo típico da Suíça, mas os franceses também produzem uma variação sofisticada do produto, o emental grand cru, com sabor mais adocicado que o emental tradicional.

queijo

Reblochon
É um queijo tradicional das montanhas da Savoie, situadas entre a França, a Suíça e a Itália. A origem do seu nome vem do dialeto da Savoie “reblochi”, que significa “ordenhar mais uma vez”. Ele é fabricado com leite integral orgânico pasteurizado de vaca e após 4 semanas de maturação, apresenta uma pasta de cor marfim clara, fina e lisa, com alguns furos redondos e brilhantes.

roquefortRoquefort
É um queijo de leite de ovelha, fabricado em Roquefort (região de Aveyron). Tem um sabor delicado, mas picante. A sua massa tem miolo de pão bolorento, o que lhe confere característicos veios esverdeados.

Saint-Paulin
Este queijo é fabricado com leite pasteurizado e caracteriza-se por sua cremosidade e delicadeza, mantendo sua forma e firmeza que lhe permitem fácil conservação. É geralmente consumido como aperitivo, acompanhando bebidas quentes ou geladas.

Cantal
Queijo bem curado, aromático e meio duro, típico da região de Auvergne. Além de fabricar as melhores marcas de água mineral da Europa, o lugar produz esse que é o queijo ralado mais consumido pelo povo francês. Feito com leite aromatizado, é o ingrediente básico do aligot – purê de batatas e queijo temperado com alho, prato típico da localidade.

Comté
Queijo francês duro, parecido com o suíço gruyère, dá bons resultados depois de derretido e é muito usado em foundues.

Curiosidade

Na França, a origem da palavra fromage (queijo em francês) nasceu da palavra formaticum derivada do latim, na época em que os romanos deram início a sua produção para o suprimento de seus legionários. A partir daí, surgiram as nomeações formaggio, para a língua italiana, furmo para a provençal e formatge para a catalã.

Entre em contato: www.cesarmonteiro.com | (41) 3322 1666 | contato@cesarmonteiro.com

Leia mais

Os diferentes tipo de sal

Categoria(s): Blog, Especiarias

Conheça os diferentes tipos de sal usados na gastronomia:

salSal Grosso: O preferido dos churrasqueiras, produto bruto extra[ido da salmoura do mar, ele não é refinado.

Flor de Sal: Feita com cristais retirados da camada superficial das salinas, é produzida na Grã-Bretanha, Chipre e Brasil.

Marinho: Sal de cozinha, antes do mesmo ser refinado. Possui grãos irregulares.

Refinado: O chamado sal de cozinha, que é retirado do amor e refinado em seguida. Possui cloreto de sódio e, no Brasil iodo, para super a deficiência neste mineral na população.

Sal Rosa do Himalaia: retirado de lagoas no Nepal, é um dos mais puros. Sua coloração salmão, é por causa de sua composição mineral, de manganês e ferro. Tem a metade de sódio do que o sal comum, e é rico em minerais.

Light: Tem menor teor de sódio e é indicado para quem tem restrição ao consumo do mineral. Não é indicado para aqueles que tem problemas nos rins por ter muito potássio

Sal Negro: Não é refinado, vem da Índia e tem a cor cinza rosado devido ao enxofre, por isso tem sabor sulfuroso.

Sais havaianos: Possui duas variedades: o negro e o vermelho. O primeiro é recolhido em áreas próxima as vulcões, e o segundo tem essa por causa da argila, a Alea, rica em dióxido de ferro. Eles não são refinados.

Leia mais

Serviço à Francesa

Categoria(s): Blog, Maneiras de servir

Um evento, várias possibilidades

Muitas vezes, nos surpreendemos com a exclusividade de um grande evento. Uma das primeiras coisas perceptíveis e marcantes é a decoração e a temática do local, que pega os convidados pela vista, logo de início.

Observando melhor, é possível dar atenção aos outros detalhes, que não são menos importantes para tornar o evento diferenciado e único. As vestes dos convidados, o tipo de louça e o jeito com que os pratos e as bebidas são servidos são elementos quenão podem, simplesmente, serem deixados de lado. Em um evento perfeito, tudo deve estar impecável.

Baseado nessa questão, falaremos sobre uma forma interessante de servir os convidados: o serviço à francesa.

Como funciona o Serviço à Francesa?

a?-FrancesaPrimeiramente, é importante ressaltar que, no serviço à francesa, os lugares dos convidados já são pré-estabelecidos pela dona do evento, quem recepciona as pessoas. Sendo assim, uma dica interessante é arrumar as mesas com lugares marcados na mesa ou nas cadeiras, para que não haja confusão na hora em que os convidados forem sentar.

Nesse tipo de serviço, quem serve os pratos se posiciona do lado esquerdo de cada pessoa, usando um guardanapo na mão esquerda, que é dobrado em formato quadrado. O prato frio que será servido como aperitivo já deve estar na mesa, acompanhado dos copos de água.

Quem estiver à direita do dono do evento deve ser a primeira pessoa a ser servida. O indivíduo em questão também é conhecido como ‘o convidado de honra’.

Por último, vamos falar no cardápio, que é algo essencial no tipo de serviço à francesa. Ele deve ser composto pelo antepasto (saladas ou frios que antecedem o jantar), a entrada (formada por alimentos mais leves que os do prato principal, o prato principal, o prato de queijos, a sobremesa e as bebidas digestivas (licor, café e chás), que são servidas por último.

Leia mais

Se preparando para a data mais bonita do ano

Categoria(s): Blog, Ocasiões Especiais

Sem dúvida, nenhuma data é mais divertida e bonita que o natal. As ruas decoradas, as mesas fartas e as luzes em todo o lugar fazem com que esse dia seja, para muitas pessoas, considerado o melhor do ano.

Claro que, para aqueles que se importam com a beleza de um evento, a decoração natalina é, também, a mais bonita de todas. Apesar de seus temas serem bem característico, sempre é possível surpreender os convidados naquela bela festa natalina.

Pensando nisso, reunimos uma pequena série de dicas que vai ajudar na decoração da mesa para a ceia, entrando com tudo no espírito natalino e no clima dessa data maravilhosa.

Decorando a mesa para a ceia de NatalMesa de Natal

Em primeiro lugar, é importante pensar nas cores características da mesa e da decoração do evento. No caso do Natal, predominam as cores da época e da tradição, como o vermelho, o verde e o dourado. As cores remetem bem aos costumes da época.

Flores e frutas podem ter presenta forte na mesa natalina. É preferencial que as cores desses elementos façam parte do conjunto de cores citados acima. Porém, flores branca também são bem vindas, dando um sinal de paz e tranquilidade.

Atenção para os detalhes: Copos, talheres e pratos simples não estão com nada. Existem diversos tipos de louça ornamentada no mercado, com detalhes em dourado e de aspecto elegante, que deixam a mesa de natal ainda mais bonita. Além disso, os laços vermelhos e verdes também podem ser usados como elemento decorativo da ceia de natal.

Por último, é possível usar temas realmente natalinos para enfeitar a mesa, como as características meias de lã vermelha, a presença do papai noel, dos boecos de neve e dos gnomos.

Leia mais

Comida típica italiana

Categoria(s): Blog, Culinária Italiana

Para cada cultura, uma culinária diferente

Uma das coisas que mais muda de uma cultura para outra é, com certeza, a culinária. No Brasil, podemos ter algumas amostras de diversos tipos de comida existentes na Europa e no resto do mundo. Porém, apesar de podermos dizer se a comida nos agrada ou não, nunca se pode conhecer realmente a verdade comida estrangeira com todos os seus detalhes.

Nesse artigo, o assunto é a culinária de um país que os brasileiros adoram: a Itália. Pode se dizer que é, também, uma das gastronomias mais presentes em nosso país. A seguir, veremos algumas receitas típicas da Itália.

Elemento típicos da culinária italiana642057_93940737

Bruschetta – Famoso aperitivo italiano, cuja criação data do século XV. Nessa fórmula deliciosa, estão presentes elementos como alho, pimenta, azeite e sal.

Carpaccio – O Carpaccio foi um prato criado em Veneza. Histórias dizem que foi preparado para uma cliente que só podia comer carne crua e batizado com o nome do artista VittoreCarpaccio.

Gelatto – Famoso sorvete italiano. Além de ser delicioso como um sorvete tradicional, possui as vantagem de possuir quantidades menores de gordura e açúcar. Na questão dos sabores, também é possível encontrar as mesmas opções dos sorvetes comuns.

Gnocchi – O famoso nhoque. Esse prato, adorado no Brasil, foi criado há séculos atrás e se espalhou pela Europa graças ao Império Romano.

Pizza – A pizza foi, na verdade, inventada no Egito. Porém, toda a sua popularidade se deve aos italianos. Algumas histórias dizem que a primeira pizza foi a Margheritta, batizada assim em homenagem à Rainha e composto por elementos que remetem às cores da bandeira italiana: queijo, tomate e manjericão.

Entre em contato: www.cesarmonteiro.com | (41) 3322 1666 | contato@cesarmonteiro.com

Leia mais