Call 023 7526 8539 or Make Online ReservationMAKE RESERVATION NOW

Blog » setembro 2013

Gastronomia Regional do Paraná

Categoria(s): Blog, Gastronomia Regional

Todos sabem que o Brasil é um país rico em hospitalidade, belezas naturais e, é claro, gastronomia. Devido à presença forte da imigração, que ocorreu ao longo dos anos no território brasileiro, a culinária sofreu influência de diversos lugares do mundo, o que, com certeza, abre as portas para os gourmets de plantão que viajam pelo país, experimentando as mais diversas delícias.

regional

Conhecendo os pratos típicos paranaenses

A cultura gastronômica paranaense é, como na maioria dos casos do Brasil, influenciada pelos povos que lá estavam ou chegaram. A mistura dessas culturas fez as receitas deliciosas que conhecemos hoje.
Para começar, é difícil falar em culinária paranaense sem falar no famoso pinhão. No Paraná, o fruto da pinha está muito presente em todos os lugares, desde os eventos mais populares, como festas juninas, até mesmo os restaurantes mais finos. O ingrediente pode ser servido de diversas formas, aparecendo em sopas, aperitivos, croquetes e até mesmo panquecas.
O pinhão é uma delícia que nunca sai de moda nas terras paranaenses.
Indo um pouco mais além, podemos citar o famoso barreado, prato de carne bovina apresentado pelos índios carijós. A carne é colocada em uma panela de barro e misturada com outros ingredientes, como a farinha de mandioca.
Agora, podemos falar de um prato que foi trazido da Europa e é adorado pelos turistas e pelos próprios paranaenses: o famoso pierogi, influenciado pelos imigrantes poloneses. Consiste em uma massa recheada com batata, requeijão e bigos (carne de porco cozida com chucrute).
Para quem quer conhecer e provar melhor essa gastronomia deliciosa, contrate este serviço conosco!

Entre em contato: www.cesarmonteiro.com | (41) 3322 1666 | contato@cesarmonteiro.com

Leia mais

After Dinner

Categoria(s): After Dinner, Blog

Provavelmente, a grande maioria das pessoas já participou de algum evento ou foi em algum lugar em que jantou. Seja em uma festa de casamento, de formatura ou outro evento noturno, a janta está sempre presente.

O problema é que essas festas, geralmente, duram até o dia amanhecer, composta por muita música e animação, onde os convidados dançam e, obviamente, perdem uma quantidade significativa de energia e, muitas vezes, por não conseguir recompor esse ‘estoque’, acabam indo embora antes do planejado, recuperando as forças com um lanche na própria casa no meio da madrugada.

A boa notícia para os que gostam de uma boa festa na madrugada é que vem surgindo um novo hábito nos eventos, que promete acabar com o problema citado logo antes: o After Dinner!

Como funciona o After Dinner?

Como o nome sugere, o After Dinner (lido em português como ‘depois do jantar’) acontece depois da janta, mais precisamente pela madrugada. Suas

after-dinner

vantagens são as de recuperar a energia dos convidados que já se cansaram e fazer com que aqueles mais discretos tenham mais motivos para a prolongar a permanência na festa, conversando, comendo e descontraindo.

O After Dinner pode oferecer vários tipos de comida. Geralmente, o serviço aparece em forma de pequenos petiscos, servindo pratinhos como hambúrguer, cachorro quente, crepes, pequenos sorvetes, entre vários outros tipos de receitas diversas. O resto vai da criatividade e da ousadia dos organizadores da festa, pois as inovações são sempre bem vindas.

Oferecer o serviço é uma boa pedida para quem quer fazer uma festa interessante, diferente e muito mais duradoura. Um After Dinner bem feito é garantia de sucesso entre os convidados.

Contrate este serviço conosco! Entre em contato: www.cesarmonteiro.com | (41) 3322 1666 | contato@cesarmonteiro.com

Leia mais

Ilhas temáticas gastronômicas

Categoria(s): Blog

Todos os eventos, independente de quais sejam, sofrem renovações ao longo dos anos. Novas tendências surgem no que diz respeito ao local, aos horários, à culinária e ao modo de vestir. O artigo de hoje fala sobre algo que está em alta em grandes eventos, incluindo os casamentos.

Um problema comum que os organizadores enfrentam é a diversidade nos elementos gastronômicos presentes na festa, pois se torna muito difícil agradar todos os gostos. A solução nesses casos difíceis é servir um pouco de tudo, dando aos convidados inúmeras opções de gastronomia e fazendo com que seja impossível não agradar a todos. É aí que entram as chamadas ilhas gastronômicas.

O que são as ilhas gastronômicas?

Ilhas Gastronômicas

As ilhas ou estações gastronômicas são pequenos estandes, cada um com um tema, uma decoração e um tipo de comida. Existem diversas opções, das mais comuns às mais diferenciadas. O uso dessas chamadas ilhas, além de dar uma cara nova e mais personalidade ao evento, melhora a convivência entre os

convidados, que ficarão deslumbrados com a inovação ali presente.

Existem diversos temas e tipos de ilhas temáticas. Alguns exemplos bastante usados são as ilhas: mexicana, a asiática e a de massas. Na primeira, tortillas, tacos, chilli e o melhor da comida mexicana. Na segunda, as inúmeras variedades da cozinha oriental e, na terceira, diversos tipos de massas.

Dentro desse conceito ainda podem ser citadas a estação vegetariana, para os que não comem alimentos derivados de animais, a estação de frutos do mar, a de degustação de bebidas diversas e, como não poderia faltar, a de sobremesas.

Para quem está para casar, apostar nas ilhas temáticas gastronômicas é uma ótima ideia para inovar e descontrair na festa.

Contrate este serviço conosco! Entre em contato: www.cesarmonteiro.com| (41) 3322 1666 | contato@cesarmonteiro.com

Leia mais

Combinando o prato principal com a sobremesa

Categoria(s): Blog, Sobremesas

_MG_5629A importância das combinações

Em qualquer evento, seja ele de pequeno ou grande porte, as combinações são muito importantes. Apesar de não parecerem assim tão necessárias, elas constituem algo que, apesar de imperceptível, faz a diferença.

As combinações dizem respeito ao estilo da cerimônia, ao tipo dos convidados, à decoração e, até mesmo, aos pratos e às refeições.

A comida em um evento também precisa fazer sentido, estando em harmonia com o todo e combinando entre seus próprios elementos. A entrada precisa, de certa forma, combinar com o prato principal, que por sua vez, combina com a sobremesa. Esse equilíbrio é necessário para o sucesso de um evento.

 

Como fazer as combinações entre o prato principal e a sobremesa?

Não existe um manual específico para fazer coisa alguma em relação a qualquer cerimônia ou evento. O segredo é usar o bom senso.

Por exemplo: Em um evento onde as entradas foram sopas e cremes e os pratos principais foram servidos em um Buffet, está fora de cogitação servir uma sobremesa composta por pequenos docinhos. O ideal é que ela siga a combinação anterior, iniciada pela entrada e seguida pelo prato principal.

Esse padrão geralmente é seguido em eventos maiores, como uma formatura ou um casamento.

Já no caso de uma cerimônia em que a comida é servida, basicamente, em bandejas com pequenos e variados salgadinhos e aperitivos, o ideal é que a sobremesa combine e dê continuidade ao que já foi feito, sendo apresentado em bandejas, com variedades de docinhos e outras guloseimas.

Esse segundo padrão já pode ser mais observado em festas de aniversário, por exemplo. Geralmente, o modelo é visto nas festas de quinze anos.

Para obter mais informações a respeito das combinações da sobremesa com o prato principal, entre em contato com nossa renomada equipe pelo e-mail contato@cesarmonteiro.com

Leia mais